Folhas de sala Cineclube

Em 2011, foi fundado em Braga um novo cineclube. Homenageando Aurélio da Paz dos Reis, pioneiro do cinema português e responsável pela primeira exibição de cinematógrafo em Braga, em 1896, pouco tempo após a invenção dos irmãos Lumière, o cineclube de Braga definiu a sua programação em torno da história do cinema nacional e de autor. Durante cerca de dois anos, foram produzidas dezenas de folhas-de-sala desdobráveis, cuidadosamente editadas com textos escritos a propósito e outros documentos de arquivo, imagens, recortes de jornais, etc. Trabalhadas de maneira próxima com a equipa do cineclube, impressas a preto e dobradas de forma manual, estas folhas tornaram-se numa das assinaturas do projecto. O formato, expandido para A3 quando aberto, proporcionava uma grande experimentação visual com os conteúdos. O esquema de dobras permitia igualmente jogar com as sequências de leitura destes pequenos objectos. (mais imagens em breve)

-194
Ano: 2011–12
Categoria: Desdobrável

Cliente: Cineclube Aurélio da Paz dos Reis
Formato: A3 dobrado
Páginas: 16 (cada)
Impressão: Fotocópia