Vasco Barata, Wild Sea Money

Wild Sea Money foi o título da exposição apresentada por Vasco Barata no espaço independente Sismógrafo, no Porto. O trabalho do artista cruza referências como “Ulisses” de James Joyce, o logótipo da banda punk Black Flag, “Walden” de Thoreau, a natureza selvagem em confronto com o mochileiro urbano. “Retrato de uma paisagem em vias de extinção, abstracionismo hardcore: uma exposição feita por um caminhante que, para além da beleza, vê os simulacros da nossa civilização.”

O catálogo inclui ensaios do curador da exposição João Silvério e do director artístico do espaço Óscar Faria e várias vistas da instalação. O layout em duas colunas da publicação ecoa muito claramente a geometria do logo dos Black Flag. Uma utilização dura da tipografia, as imagens da floresta filtradas no RGB da sobrecapa, o jogo com as margens brancas/negras contribuem para criar um diálogo adicional com as obras e o ambiente de “Wild Sea Money”.

-463
-455
-456
-458
-459
-457
-460
-461
-466
-465
Ano: 2017
Categoria: Livro, Catálogo

Cliente: Sismógrafo
Formato: 210 x 297 mm, agrafado com sobrecapa em plástico
Páginas: 24
Impressão: HP Indigo