12 Contemporâneos: Estados Presentes

Guia de exposição

Um certo sentido de urgência e de desafio concretizaram-se enquanto premissas para o desenvolvimento dos materiais gráficos que acompanharam a exposição “12 Contemporâneos: Estados Presentes”, que teve lugar no Museu de Serralves, Porto. Foi então escolhida uma versão recente e melhorada da Helvetica, que se assume aqui nas suas qualidades de seca e deselegante, e por outro lado, a mais comum das fontes. Foi dada relevância ao nome dos participantes, representativos de uma nova geração de artistas portugueses, que surgem compostos em letras maiúsculas e cujas iniciais serviram para marcar os seus espaços no mapa da mostra. A ideia de guia foi levada à letra, e as plantas do museu foram usadas como elementos gráficos e separadores da brochura. O protagonismo de cada autor foi transportado para o exterior desta, num total de 6 combinações de capa/contracapa diferentes. Distribuídas gratuitamente à entrada da exposição, o visitante podia desta forma escolher a sua favorita.

-370

Antologia

Desviando-se do modelo habitual no que respeita a catálogos de exposições colectivas, o volume editado por ocasião da mostra “12 Contemporâneos: Estados Presentes”, consiste numa antologia de textos selecionados pelos artistas. Sem pretensões ilustrativas, didáticas ou confessionais, esta escolha mapeia um lato campo referencial, configurando em si mesma uma narrativa elíptica, revelando autores tão díspares como Hans Christian Andersen, David Foster Wallace, Jorge de Sena ou Frances Stark. Uma fonte tipográfica contemporânea, de proporções clássicas, mas com umas agressivas serifas triangulares, foi usada na paginação dos textos, a par com a não-serifada, mais grosseira, usada nos vários materiais gráficos da exposição.

Ano: 2014
Categoria: Livro, Guia de exposição

Cliente: Museu de Serralves
Formato guia: 150 x 225 mm, agrafado, 56 páginas
Formato antologia: 190 x 255 mm, capa mole, 320 páginas
Impressão: Offset